Tags

, , , , , , , , , ,

DSCF2672Estou cansado, exausto, com sono… mas resolvi escrever esse post enquanto ainda to com a energia desse dia maravilhoso. Vamos começar com uma retrospectiva: Dia 18 de dezembro, terça-feira – eu resolvo que no próximo final de semana eu iria para Nipponbashi, a “Akihabara de Osaka” (pra quem não sabe Akihabara é a área comercial de Tóquio onde se reúnem lojas voltadas para o público otaku, vendendo games, mangás, animês e produtos relacionados). Dia 19 de dezembro – eu acordo ruim do estômago e passo mal o dia todo. Dia 20 de dezembro – eu vou ao médico e descubro que estou infectado com uma virose. Resumindo, passei o dia 22 (que é quando eu planejava passear) INTEIRO dentro do meu quarto -.-‘. Frustrado decidi que no próximo final de semana quando eu estivesse me sentindo melhor eu correria para Osaka para comprar meus presentes de natal que já viriam atrasados (com o dinheiro que recebi do pessoal no Brasil). Durante essa semana comecei a ficar um pouco receoso, porque a previsão do tempo anunciava chuva para o fim de semana, mas qual foi minha surpresa quando eu verifiquei a previsão do tempo na sexta-feira e ela anunciava que o tempo não só ia abrir como a temperatura ia subir.

Resumindo, hoje tudo conspirou para que o dia fosse perfeito, exceto pelas minhas escolhas. Pra começar, mesmo tendo visto que a temperatura ia subir eu sai de casa cheio de blusa… não preciso dizer que no meio do caminho para a estação de trem eu já estava carregando uma na mochila e a outra na mão… e assim fui eu, carregando aquela jaqueta enorme na mão pelo resto do dia -.-‘ (baka ja nai ka?) Além disso, eu acordei as 9, achando que seria tempo, suficiente para o meu passeio. DSCF2669Cheguei em Osaka por volta de 11 e meia, onde fiz minha primeira parada. Pokemon Center. Agora imaginem a pessoa aqui, no alto de seus 21 anos de idade se segurando pra não pirar nessa loja só com produtos de pokémon (bichos de pelúcia, videogames, jogos de tabuleiro, bonecos, comida, utensílios diários, jogos de carta, acessórios para DS, etc etc etc)… mas a questão é… a loja estava abarrotada de crianças com seus pais, e só dava eu de marmanjo hahahahaha… foi engraçado eu andando pelas prateleiras pegando minhas compras e as pessoas olhando pra mim com cara de: “hen na gaijin!” Depois de controlar minhas emoções e meus gastos, resolvi partir da loja, com uma sacola com alguns goods. Nesse momento (quase 1 hora) pensei “E se Nipponbashi não for tão legal?? Será que não seria melhor eu andar mais um pouco aqui nas lojas de departamento?” alguém dá um tapa na minha cara? Ainda bem que eu não segui esse pensamento idiota e fui direto pegar o metrô finalmente em direção a Nipponbashi. DSCF2673

Eu andei por aquela rua com um sorriso de orelha a orelha entrando em todas as lojas de mangá, games, dvds, cds e tudo que eu tinha direito. Pra dar uma ideia pro pessoal de São Paulo, pega os eletrônicos da Santa Efigênia, junta com os artigos de animê da Liberdade, tira a pirataria, os bandidos e o fedor, muda as configurações de idioma pro Japonês e multiplica por 10x mais amor… essa é Nipponbashi *-* Mas obviamente, uma tarde não era suficiente pra explorar todo aquele lugar. Ainda mais pq eu tava olhando tudo com muita atenção, procurando boas lojas, bons preços e me digladiando mentalmente para tomar a dura decisão. Qual portátil eu deveria comprar de presente de natal, PSP ou 3DS?
DSCF2682Obviamente o 3DS é o portátil dos meus sonhos e tem porções de jogos que eu quero jogar nele. Mas o PSP tem uma tonelada de jogos de animê que parecem muito bons e já faz um tempo que venho considerando a ideia de comprar um. No fim do dia (mesmo, já tinha escurecido e eu pensei que eu tinha que tomar uma decisão antes que as lojas fechassem) acabei ficando com o PSP, por duas razões, ele era mais barato (e muito lindo) e ainda não tenho certeza se devo comprar um 3DS japonês e ficar impedido de jogar jogos americanos pro console, então resolvi adiar a compra do 3DS. Além de games de última geração em preços muito bons, e games semi-novos, ainda haviam lojas especializadas em jogos antigos. Pensa minha cara de alegria quando entrei numa loja cheia de games do Super Nintendo…. Agora pensa na minha cara de prazer quando vi o Super Nintendo portátil @¬@

Além dos games, fiz a festa nas lojas de CD e de mangá. Esse lugar é mesmo o paraíso, tem preços ótimos e uma variedade incrível. E olha que eu só explorei parte da rua principal, com certeza tem muito mais lojas fodas que eu não tive tempo de ver. Acho que meu destaque vai pra loja K-books, que oferece uma quantidade imensurável de mangás em preços ótimos e qualidade impecável (e olha que eu só explorei o primeiro andar da loja); a loja Gunpla, que destina um andar inteiro para os modelos montáveis de mechas (apesar de eu não ter DSCF2671comprado nenhum, sei que vou voltar lá algumas vezes e comprar algumas coisinhas); a Sofmap que apresenta variedade em eletrônicos e games; e o fliperama (não lembro do nome), que tem coisas que eu só imaginava em sonhos (como máquinas de card game, onde você joga com suas cartas reais).

Ao invés de ficar aqui enumerando o saldo de compras do dia, vou deixar aqui a foto com tudo o que comprei. E minhas impressões sobre tudo isso são: ESSE LUGAR É O PARAÍSO!! POR QUE TEM QUE FICAR TÃO LONGE?!?! (tá, não tão longe assim, mas ainda, não é o tipo de lugar que dá pra ir todo fim de semana – até porque eu iria falir)
DSCF2677Ps. Esqueci de comentar aqui sobre a parte chata de Nipponbashi. Resumindo, haviam diversas lojas cujas placas diziam ter mangás, light novels ou games (do meu interesse) por preços muito bons, aí quando eu entrava na loja, na primeira prateleira tinha uma quantidade de dvds de animê e no resto da loja só se viam peitos pulando das capas de dvds de pornografia. Tipo, não to nem colocando em  questão achar legal ou não pornografia, cada um cada um… Mas porque diabos coloca na frente um tipo de produto completamente diferente do que vende na loja?? Eu ainda, muito inocente, ia até o fundo da loja ver se achava o PSP ou a novel de Sword Art Online que tava no cartaz -.-‘ (baka)… Fico pensando… PQP, se eu quisesse pornografia eu nunca ia procurar numa loja com esses anúnios na frente -.-‘. Enfim… depois de entrar em algumas lojas por engano eu entendi qual é a “fachada” padrão desse tipo de loja e aí parei de acreditar nos anúncios que elas colocam na porta. Enfim, foi chato.

 

 

Anúncios